LABORATÓRIO DE BIOCONTATO

Se você é um homem que quer colocar o coração em suas mãos de modo que seu toque se torne rico, curativo, amoroso e desejado, então este é o lugar para vir dar vazão a prática do prazer do toque em companhia de outros homens como você. Juntos vamos  experienciar o corpo, libertar o stress e nos conectar através do toque saudável.

O grupo é aberto exclusivamente para homens acima de 18 anos completos, independente da orientação sexual ser homo, hétero ou bissexual. Da mesma forma estado civil, religião e formação cultural também são irrevelantes.* Respeitamos todos os homens, suas crenças e práticas. Caso possua alguma necessidade especial ou restrição física entre em contato para esclarecer dúvidas.

Dentro de um formato estruturado, você receberá apoio para fazer escolhas sobre como você deseja dar e receber o toque. As práticas tem como base a troca de toques e abraços. Nudez nunca é uma exigência, nem o toque genital, que quando desejado e adequado numa compreensão do trabalho erótico pode ser explorado vestido ou despido. Nos grupos que optam por explorar o toque nu, acordos explícitos sobre limites pessoais são estabelecidos e respeitados para que todos os homens se sintam seguros e confortáveis em seus corpos durante a prática. Todos sempre permanecem no controle de suas próprias fronteiras.

Iremos em grupo nos conectar em exercícios dinâmicos,  visualização ou meditação guiada com a maior parte do tempo dedicada ao trabalho em duplas sorteadas aleatoriamente (e possivelmente tríades) onde você terá a oportunidade de compartilhar toques.

Para alguns homens esta experiência será sensual e terapêutica. Para outros poderá ser erótica. O sabor de sua experiência vai depender das escolhas que você faz dentro do formato de apoio estruturado.

Este evento profissionalmente facilitado enfatiza a aprendizagem e prática do prazer do toque em um pequeno grupo de até 6 homens. Isso permite você experimentar uma variedade de parceiros de treino e receber minha atenção pessoal  e orientada.

Junte-se a nós. Se você é um homem que quer reduzir o seu stress e construir relacionamento acolhedor com outros homens através do toque saudável. Você vai experimentar o sentimento de prazer e relaxamento junto de nós.

METODOLOGIA

– Percepção corporal, movimento e encontro.

– Aplicação do toque como ajuda para fragmentação da timidez,  alívio da tensão das situações da vida cotidiana e incentivo a interação interpessoal.

– Integração e relaxamento num grupo de homens.

– Meditação ativa e  sensibilização de pele e órgãos para tocar e ser tocado de uma forma consciente.

– Seqüências práticas de  toque: não intencional, energizante, sensual, erótico e curativo aplicando carinho, abraço,  massagem que oferecem a oportunidade de experimentar a proximidade e distanciamento, a intimidade e a individuação, o prazer e o amor.

– Conversação e partilha de experiências como caminho para libertação e auto-desenvolvimento .

Venha celebrar a confiança, o amor e a consciência nesse encontro de toque onde deixaremos nossas limitações corporais derreter e nos tornar um com todos.

Próxima turma  16 de novembro, quinta-feira 15hs – Duração de 1h30

Investimento R$210,00 novato – R$180,00 cliente

Quer participar desse grupo? Ligue para 11 3673-3976 ou inscreva-se aqui

Para esclarecer dúvidas solicite aqui

 SOBRE MIM

 Sou Alex, massagista profissional e terapeuta certificado. Coach e educador erótico que ajuda homens gays, bi e heterossexuais que querem mais prazer físico e conexão emocional com os outros homens. Tenho ajudado muitos homens que possuem algum grau de dificuldade em lidar com a natureza afetivo-sexual que possuem.

Sessões privadas de aconselhamento, toque compartilhado e massagem comigo também estão disponíveis para apoiar a sua jornada. Mais detalhes leia aqui

*É vedada qualquer forma de discriminação em virtude de raça, sexo ou orientação sexual, cor, origem, condição social, idade, parte ou presença de deficiência – lei estadual no.11.995. Decreto  no 36.434 de 04/10/96
* Não é permitido comentários sexistas ou homofóbicos ou ofensivos contra quaisquer raças, gênero, etnias ou religião – lei no. 7.716, de 5 de janeiro de 1889; lei estadual no. 10.948, de 5 de novembro de 2001.